A pesquisa de Emily Havers (University of Portsmouth, Grã-Bretanha) com 11 organizações em 3 continentes revelou resultados significativos em termos de eficácia perante reuniões feitas em um Thinking Environment.
Organizações sabem que, para terem sucesso dentro da nova era do conhecimento, devem usufruir do potencial único de cada individuo dentro das empresas.

Artigo completo
(tradução prevista para junho/2016)